Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2021

A obscura entrevista do general Santos Cruz e a possibilidade de golpe militar no Brasil em 2022

Imagem
D e que lado ficariam as Forças Armadas brasileiras caso a crise de sucessão que ocorreu nos Estados Unidos viesse a ocorrer no Brasil? A pergunta, feita pelo governador do Maranhão Flávio Dino, no seu twitter , é pertinente. Temos também um tresloucado no executivo nacional com teorias da conspiração de que as eleições no país são fraudadas. 2022 é logo ali, e o presidente já deu indícios de que a confusão que aconteceu lá  também acontecerá aqui, " caso a urna eletrônica não emita o voto impresso ".  O colunista Chico Alves do UOL publicou uma oportuna entrevista com o general da reserva Carlos Alberto Santos Cruz a respeito dos acontecimentos em Washington no dia de ontem, e em vez de tranquilizar as preocupações do governador maranhense e de tantas outras pessoas, deixou ainda mais dúvidas sobre a posição das Forças Armadas por ocasião de uma crise semelhante em 2022.  Segundo o general, a invasão do Capitólio nos Estados Unidos era uma situação previsível, tendo em vi

A hipocrisia de Luciano Huck

Imagem
Apresentador lembrou só agora que também é a favor da taxação de grandes fortunas R ecentemente o presidenciável Ciro Gomes foi na internet dizer aquilo que ele já vem dizendo há bastante tempo: a necessidade do Brasil taxar heranças e grandes fortunas para arrecadar receita, no momento em que o acéfalo presidente não sabe o que fazer. O Brasil é praticamente um paraíso fiscal para os ricos desse país, que usufruem de seus bens e suas riquezas sem pagar praticamente nenhum tributo sobre eles, ao contrário de países muito mais liberais que o Brasil ao redor do mundo.  E recentemente tem havido uma campanha para que o Brasil se ajuste às melhores práticas tributárias que vigoram nos países capitalistas, sendo o próprio Ciro um dos maiores defensores dessas taxações: - Imposto sobre heranças. EUA cobram 40%, o Brasil cobra 4%.  - Um trabalhador de aplicativo paga IPVA da moto, enquanto Luciano Huck e João Dória, que compraram jatinho subsidiado com dinheiro público, não pagam IPVA d