Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2020

Quarentena: por que as pessoas lidam tão mal com o tempo livre

Imagem
R ecentemente, no programa Papo de Segunda , no canal GNT, o rapper Emicida  levantou uma questão bastante controversa a respeito do que fazer nesta prolongada quarentena, criticando a suposta obrigação de produzir até no descanso, citando o chamado ócio criativo . Na chamada do Facebook do canal para o vídeo do comentário do artista, podia-se ler: "Emicida se manifesta contra a ideia do ócio criativo na quarentena, que pressiona [sic] as pessoas a produzirem e aprenderem mais". " Ócio criativo " se tornou um jargão muito popular no mundo, mas poucas pessoas aplicam o termo de forma precisa, ou realmente pararam para ler o autor desta teoria, Domenico de Masi , para entender realmente o seu conceito. Não sei se foi o caso de Emicida. Intuitivamente ele até defende corretamente o ócio por si mesmo no seu comentário, mas, criticando o fato da "criatividade" ser uma suposta obrigação , se confunde no entendimento do conceito.  De Masi não foi o primei

Caso 3M: quando uma transnacional pode desafiar o Estado mais forte do mundo

Imagem
D urante muito tempo, a força dos Estados nacionais era incontestável no mundo que começou a emergir junto com a Revolução Francesa . No entanto, naqueles fins de Segunda Guerra Mundial , no século XX, eles começaram a experimentar um declínio que é, hoje, explícito perante os nossos olhos. Trump e a 3M Em tempos de pandemia mundial como a que estamos vivendo, coube ao presidente do Estado mais forte e poderoso do último século no mundo — os Estados Unidos — evocar uma lei nacional dos anos 50, a Lei de Produção para a Defesa, ou " P Act ",  para obrigar empresas privadas, como as de automóvel, a produzir respiradores mecânicos e uma outra, a 3M , a parar de exportar máscaras hospitalares para o Canadá e a América Latina, para beneficiar o estadunidense local. De todas as famosas empresas automobilísticas estadunidenses, apenas a GM parece disposta a acatar o pedido de Donald Trump; já a 3M declarou abertamente que não vai cumprir a determinação, coisa impens