Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2018

Fim da alternância de poder na China causa críticas descabidas no Ocidente imperialista

Imagem
A mídia internacional vem fazendo um auê totalmente descabido a respeito da proposta do Partido Comunista da China de abolir o limite de 2 reeleições para presidente e vice-presidente daquele país. Militantes liberais chineses radicados nos EUA e a imprensa burguesa acusam o presidente Xi Jinping de dar "passos em direção à tirania".

Tal gritaria descabida não recebeu o reforço das vozes de muitos governantes do Ocidente, acusados de leniência ou desinformação por estes ativistas. O caso dos Estados Unidos é compreensível, pois historicamente os líderes da Casa Branca afinam diante de potências equivalentes, sendo, por outro lado, muito duros com países como Nicarágua ou Cuba. Os europeus, segundo os ativistas chineses pró-Ocidente, simplesmente não perceberam ainda os riscos para a "democracia".

Para ser sincero, um dos grandes méritos do governo chinês, ao longo do tempo, foi justamente ter emplacado o embuste da alternância de poder. Farsa porque é um dos atos p…

Religião também é alvo de crítica nas campeãs do Carnaval carioca

O momento político conturbado por que passa o Brasil ajudou a resgatar a verve crítica de uma manifestação popular naturalmente "subversiva", o Carnaval. Pelo menos nos desfiles das escolas de samba do Rio, os protestos contra a atual situação política dominaram os assuntos.

Muito contribuiu para isso a escolha de algumas escolas de samba do Grupo Especial, que levaram para a Sapucaí temas com crítica social. Os meios de comunicação e os foliões perceberam as nítidas referências à corrupção política, portanto nem vamos falar aqui tanto delas, mas do que passou despercebido, intencionalmente ou não: as alusões negativas à religião nos sambas-enredo da campeã e da vice do Carnaval: Beija-Flor e Paraíso do Tuiuti.

Não só a política está na raiz de nossa atual situação de desigualdade social, descaso com os mais pobres e violência. É difícil para muita gente reconhecer que a religião cristã contraditoriamente serviu aos ricos e dominantes, mesmo não sendo nenhuma surpresa para q…

O dilema de quem quer votar na esquerda nas eleições presidenciais

Sempre admirei a postura dos membros das escolas de samba do Rio de Janeiro. Independentemente de ganharem o Carnaval ou não, ficam felizes quando as suas agremiações fazem um bom papel na avenida e mandam o seu recado. Mas eu confesso que, em se tratando de política em ano eleitoral, a minha conduta é mais para o torcedor de futebol: quero que o meu time vença o campeonato, ou seja, que algum candidato de esquerda vença a eleição desse ano.

Guilherme Boulos quase certamente será o candidato do PSOL, enquanto que, pelo PDT vem Ciro Gomes. Não vejo nenhum outro candidato de esquerda que possa ser cogitado, mesmo que a Lula seja permitido se candidatar. O próprio PCdoB admitiu que a candidatura de Manuela D'Ávila tem por natureza ajudar a eleger deputados por causa da nova lei da cláusula de barreiras e, portanto, não pode ser considerada.

Tendo em vista essa situação, apresenta-se um dilema para quem pretende um dia ver um candidato verdadeiramente de esquerda no poder. Desde já, c…