Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016

O que os alimentos podem nos dizer sobre a “lógica” do capitalismo

Imagem
Estou muito longe de ser especialista em Economia mas vou me atrever a fazer alguns questionamentos baseados na minha observação de como anda funcionando o mercado capitalista, no caso específico dos alimentos saudáveis. Alguns deles exigem um processamento industrial menos elaborado (e mais barato, portanto) mas tem um preço maior. Vamos ver qual é a lógica disso. Produtos de maior processamento industrial deveriam refletir um preço mais caro, correto? Não na lógica mercadológica capitalista. Pelo menos quando falamos de alimentos. Tomemos dois exemplos: o pão e o arroz.

No processo de industrialização do arroz branco, são removidos a casca, o pericarpo e o gérmen, sua porção mais externa. As partes mais ricas em nutrientes são jogadas fora, e o que sai da fábrica é o miolo branco rico em amido (que vira açúcar no organismo). No processamento do arroz integral, por sua vez, é retirada somente a casca, mantendo-se o pericarpo e o gérmen, altamente nutritivos.

O processamento do pão inte…

Como o livre-mercado prejudica países em desenvolvimento: o exemplo do futebol

Imagem
Durante muitas décadas no nosso país, vigorou na legislação esportiva a chamada lei do passe, especialmente no caso da profissionalização do futebol ocorrida na primeira metade do século passado. O “passe” era o vínculo que o atleta tinha com o seu clube de futebol, que representava, na verdade, uma posse, uma propriedade sobre o atleta. Muitos, por um lado, passaram a ver o passe, em determinado momento em que o mundo discutia a liberalização da economia internacional por conta da queda da União Soviética, no começo dos anos 90, como uma forma de escravidão. De fato, os atletas de futebol não tinham muita liberdade de escolher onde trabalhar. O futebol brasileiro de então representava um mercado fechado, e as transferências, tanto nacionais quanto internacionais eram mais raras. Como consequência, era normal os principais jogadores de um clube atuarem por seus respectivos times durante muitos anos seguidos, às vezes mais de uma década, enriquecendo assim o nosso produto, qual seja, o…

Capital x Social: uma contraposição

Imagem
Meu amigo Sandro Ataliba tem dois dos blogs que eu mais gosto de ler: Perspiciência e Esquizofrenético Blues*. Neste último, ele toca num tema que é um dos mais caros e apaixonantes para mim: a comparação entre os sistemas capitalista e socialista, onde defende o primeiro em detrimento do segundo. Na tentativa de contrapor uma perspectiva mais realista dessa dicotomia, eu achei que um comentário na sua publicação seria pouco, por isso resolvi transformar esse saudável debate numa postagem, para poder aprofundar mais os temas levantados, como se segue. Logo no começo, o Sandro Ataliba já deixa claro a sua preferência: “por mais que o capitalismo tenha seus defeitos, enquanto a única opção for o Socialismo, eu continuarei a favor do capital”. Nada mais justo. Todos temos o direito de optar por uma posição política ou uma visão de mundo, desde que não fira os direitos de ninguém e que melhor condiga com nossas convicções. Mas o problema — e razão desse debate aqui — é o conceito que o …

A direita brasileira duvida da sua inteligência

Imagem
No episódio da votação do Impeachment de Dilma Rousseff no primeiro semestre deste ano, ganhou destaque um vídeo em que Jean Wyllys, deputado pelo PSOL-RJ, dispara uma cusparada em direção a Jair Bolsonaro, atualmente do PSC-RJ. A justificativa para tal reação foi a constante provocação do deputado homofóbico contra Jean Wyllys. Naquela ocasião da votação, o deputado psolista fora perseguido e chamado de “viado”, “baitola” e “queima-rosca” por Bolsonaro. Quando Jean Wyllys foi seguro pelo braço, disparou a cusparada como a gota d’água de uma obsessiva perseguição que o deputado do PSC promove contra o psolista nas diversas sessões da Câmara. Leia também:A falsa simetria entre Jean Wyllys e Bolsonaro No dia seguinte ao episódio, tentando aliviar a barra do pai e incriminar Jean Wyllys, o filho do deputado do PSC, Eduardo Bolsonaro, divulgou um vídeo em que Jean Wyllys, supostamente, teria não reagido a provocações homofóbicas, mas premeditado a cusparada. Veja: O filho do Jair Bolsonaro …

Renan Calheiros comete crime ao descumprir decisão do STF. E abre precedente

Imagem
Segundo o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, referindo-se ao até ontem presidente do Senado, Renan Calheiros, descumprir decisão do STF é crime ou golpe. Em entrevista à uma jornalista, afirmou que, mesmo “falando em tese” e não mencionando diretamente o nome do presidente do Senado, destituído pelo seu colega, ministro do Supremo Marco Aurélio Mello, Barroso afirmou que o descumprimento é “inadmissível em uma democracia”. O episódio faz parte de mais uma batalha entre Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional, tendo como justificativa os supostos abusos do Judiciário, que estariam extrapolando suas competências, para “atender o clamor popular que quer o fim da impunidade e da corrupção”. Os deputados e senadores responderam então com o projeto sobre o abuso de autoridade, incluído no pacote anticorrupção sugerido pelos próprios magistrados da Lava Jato. No Congresso, a sugestão de lei com apoio popular foi alterada para incluir punições a membros do Min…