Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

Temer corta verba de mídias progressistas. Se Dilma tivesse feito o mesmo com a Globo...

Imagem
É bastante discutível até que ponto um governo interino, ou seja, que está de forma provisória no poder até que se tome uma decisão definitiva, pode tomar medidas consideradas radicais em relação ao governo anterior, que ainda tem a chance de voltar ao cargo. Deveria este governo Temer seguir em banho-maria, mantendo as políticas e as determinações do governo Dilma até que seja votado, definitivamente, o processo de Impeachment? A verdade é que o governo Temer não está nem aí e age como se tivesse sido eleito de forma oficial, como se tivesse vencido um escrutínio nas urnas  — tal como a antiga sigla da direita UDN, o PMDB jamais governou o país ganhando uma eleição —, nomeando ministros, mudando os rumos das políticas do governo Dilma ao seu bel prazer. Dentre tantas outras medidas já tomadas e outras ainda por tomar, algumas são nitidamente de caráter vingativo. O polêmico fechamento do Ministério da Cultura — suposto reduto de militantes progressistas —, sob justificativas inconvinc…