Aécio citado mais uma vez na lava jato. Imprensa abafa.

Aécio Neves invisível

O juiz Sérgio Moro continua vazando nomes para a imprensa, numa relação estranhamente simbiótica: a imprensa alimenta o seu ego todos os dias na TV, e o juiz alimenta os noticiários com fatos novos a cada dia.

Dessa vez, Moro soltou os nomes de nada menos do que 200 políticos que receberam dinheiro da empreiteira Odebrecht. A lista faz referência a peixinhos pequenos até grandes tubarões, como José Sarney, Sérgio Cabral, Eduardo Paes, Lindberg Farias, Renan Calheiros (esse está em todas…) e… Aécio Neves. Este é, sem dúvida, uma das estrelas da Lava Jato. Seu nome já apareceu em diversas listas e delações nestes dois anos de investigações.

Embora os nomes nas listas de doações da empreiteira não representem um crime em si, haja vista que a malfadada doação empresarial de campanha continua em pleno vigor, a Polícia Federal pretende fazer o cruzamento de dados para saber se todas as doações foram declaradas, ou foram parar no caixa-dois de campanha dos políticos do Congresso Nacional.

De qualquer forma, fica patente a relação de promiscuidade de praticamente todos. Os únicos partidos fora deste mar de lama de prostituição moral são os da — verdadeira — esquerda: PSOL, PSTU, PCB e PCO. Os demais, todos eles, de alguma forma tem políticos envolvidos em doações que viram caixa dois.

Dizem que querem combater a corrupção. Mas como, se a fonte de todas as corrupções, que é o financiamento privado de campanha, continua legal?

Enquanto isso, o juiz de primeira instância do Paraná continua a sua luta obstinada em ignorar patifarias tucanas. Percebemos claramente a atuação política desse agente da polícia federal, pois grande parte de suas investigações deveriam ter começado décadas antes, quando os tucanos estavam larapiando no poder. Ainda assim, novas denúncias surgem e são olimpicamente ignoradas. [post_ads]

E o PT?

Depois das manifestações de apoio dos movimentos sociais, daqueles democratas que não querem golpe, de figuras proeminentes da esquerda nas ruas, o que diz o presidente do PT?

(    ) “Devemos retomar as bandeiras históricas do PT”
(    ) “Vamos enfrentar as forças reacionárias desse país”
(    ) “É hora de atender o povo e dar uma guinada para a esquerda”
(    ) “Vamos acabar com as alianças espúrias no Congresso”
( x ) “É hora de se reaproximar do PMDB”

Assim realmente fica difícil.

Postagens mais visitadas deste blog

Voz de prisão. Na teoria, uma coisa, na prática, outra bem diferente

Qual é o termo gentílico mais adequado para quem nasce nos Estados Unidos?

Deputados contra a Reforma da Previdência: consciência política ou barganha pelas emendas parlamentares?

Como os homens manipulam a “vontade de Deus” de acordo com suas necessidades: a questão do lucro