Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2015

Investigação da Polícia Federal na Operação Zelotes chega perto de Lula

Imagem
Nesta segunda (26/10) a Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão na empresa LFT Marketing Esportivo, de propriedade de um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Luiz Cláudio. A ação é parte da chamada Operação Zelotes, que investiga fraudes e tráfico de influência no CARF (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), além de investigar esquemas de lobby que visariam reduzir dívidas fiscais de grandes empresas e obter benefícios tributários. Além da empresa do filho do ex-presidente Lula, a PF também faz a mesma operação na Marcondes & Mautoni Empreendimentos, acusada de repassar 2,4 milhões de Reais à empresa de Luiz Cláudio.A rede de corrupção que alcança o filho de Lula (imagem acima) pode chegar ainda mais perto do ex-presidente. Isso porque o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, dono da montadora Caoa, é suspeito de participar de um esquema que beneficiou empresas do ramo automotivo na época que Lula era presidente, em 2009, através de…

“Derivativos”: O Cassino global não regulamentado para bancos americanos

Imagem
Curta história: Escolha algo de valor, faça apostas sobre o seu valor futuro, adicione contrato e você tem um derivativo. 
Os bancos ganham enormes lucros com derivativos, e quando as chances são da bolha estourar o contribuinte vai acabar com a conta.
Longa história: Um derivativo é uma aposta jurídica legal (contrato) que deriva seu valor de outro ativo, como o futuro ou valor atual de petróleo, títulos do governo ou qualquer outra coisa. Por exemplo, um derivativo compra-lhe a opção (mas não a obrigação) de comprar petróleo em 6 meses para o preço de hoje / qualquer preço acordado, na esperança de que o petróleo vai custar mais no futuro. (Pode ter certeza que ele vai custar mais em 6 meses). Derivativo também pode ser usado como seguro, apostando que um empréstimo será ou não será negligenciado até uma data determinada. Por isso é um grande sistema de apostas, como um Cassino, mas em vez de apostar em cartões e roleta, você aposta em valores e desempenho de praticamente qualquer co…

Assim caminha a humanidade: para pior

Imagem
Pensopinando é um dos blogs que eu gosto de ler na internet. Mantém a tradição de postagens opinativas e de bom nível, como era na fase áurea da blogosfera, por volta de 2008-2011. Recomendo bastante a leitura, porque fomenta o debate de assuntos importantes, apesar de nem sempre concordar com as postagens. Como no caso da última: Assim caminha a humanidade. Por isso resolvi fazer uma postagem para contrabalançar algumas das afirmações do autor naquele texto. O texto afirma que, apesar das críticas alarmantes que muitos no mundo vêm fazendo sobre o momento atual da história do homem, principalmente com relação à desigualdade social, a humanidade está em plena evolução material, que será capaz, em algum momento futuro, de trazer paz e bem estar para todos. Ele afirma que a desigualdade social não é um mal em si, mas a “pobreza extrema” e a falta de oportunidades. Mas ele não menciona que a geração de desigualdade extrema é aonde sempre esse sistema vai levar inexoravelmente, apesar das…

Intervenção russa na Síria pode inaugurar um novo cenário geopolítico internacional

Imagem
Desde que as forças militares russas entraram de forma mais incisiva no apoio ao governo sírio contra as entidades terroristas no país, no final de setembro, alguns aspectos da geopolítica internacional ficaram expostos de forma um tanto esclarecedores, especialmente a atuação do Ocidente na região. Há um ano os EUA lideram uma coalizão de fachada contra os terroristas na guerra civil síria, especialmente os do Estado Islâmico (ISIS), sem muita efetividade. Na verdade, chama atenção a incompetência em atingir alvos militares na mesma proporção em que se atingem alvos civis. Os russos, por outro lado, em menos de duas semanas de operações, já destruíram 40 por cento da infraestrutura do ISIS na Síria. Afirmações deixam claro: prioridade do Ocidente é queda de AssadO mais revelador da entrada russa no conflito é a forma como a máscara de algumas figuras importantes da política internacional vem caindo pelo mundo, mostrando que o Ocidente nunca teve, de fato, vontade de atacar os terrori…

O senso comum por trás do “bandido bom é bandido morto”

Imagem
Quando todos pensam igual, ninguém está pensandoWater LippmanO senso comum é uma praga. Ela se alastra fora do controle e se estabelece como verdade dada, sem necessidade de reflexão, ainda mais em sociedades cuja média da população tem o raciocínio tatibitati. Ele faz as pessoas se sentirem pertencentes a um grupo, é acolhedor saber que tantas pessoas pensam igual a gente em assuntos importantes, e também oculta uma realidade bem diferente da que anuncia.De acordo com recente pesquisa Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), metade da população pesquisada em 84 municípios de mais de 100 mil habitantes concorda com a afirmação típica do senso comum brasileiro: “bandido bom é bandido morto”. Foram ouvidas 1,3 mil pessoas.Seria compreensível se a metade que concorda com essa afirmação fosse membro das classes mais altas da sociedade. Pois uma das funções do senso comum é jogar uma cortina de fumaça nos fatos e propor soluções inadequadas para os problemas…