Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

2016 será o ano mais difícil de Dilma no poder

Imagem
A entrega, hoje (31/08), da proposta do Orçamento Geral da União para 2016 feita pelos ministros da Fazenda, Joaquim Levy e do Planejamento, Nelson Barbosa ao presidente do Congresso, Renan Calheiros, já causou mal-estar, críticas e ameaças por parte dos senadores. Isso porque, numa atitude “sincera”, a proposta prevê um incrível déficit de 30,5 bilhões de Reais nas contas da União. Pela primeira vez na história, um governo apresenta uma proposta de Orçamento com déficit reconhecido de receitas em relação a despesas. Para senadores da oposição, como se já não bastasse o clima de golpismo que impera no ar da política nacional, Dilma quer transferir para o Congresso o desgaste de ter que fazer os cortes e os ajustes no orçamento.  Para o senador Álvaro Dias, O governo, que cometeu estelionato eleitoral na última campanha, que enganou a população, agora confessa a sua incompetência no gerenciamento das contas públicas, confessa que não gerenciou corretamente as finanças do País. E pior d…

Lula possível candidato em 2018. Resta saber ao lado de quem

Imagem
O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, tendo em vista o fracasso do governo Dilma,  já demonstrou estar bastante preocupado com o legado político do seu lulopragmatismo. Já anunciou por diversas vezes que, “se necessário”, sairá candidato a presidente mais uma vez nas eleições de 2018. Mas a tarefa não será tão fácil como ele e seus ardorosos militantes parecem pensar. Em 2002, quando foi eleito a primeira vez, Lula já não era mais o mesmo. Precisou fazer uma série de suavizações no discurso e concessões com a classe política mais conservadora. Naquela época, as classes dominantes precisaram encontrar uma figura carismática e popular para dar prosseguimento à agenda econômica dos antecessores tucanos, desgastados por conta  dos governos de pedigree assumidamente neoliberais de Fernando Henrique Cardoso. Na falta de um legítimo líder com aceitação popular, as classes dominantes encontraram em Lula o serviçal perfeito para a função, e toleraram que ele fizesse o papel d…

Há 28 anos, a PM paulista executava Pixote

Imagem
Por Paulo Eduardo Dias para a PonteO envolvimento de policiais militares em chacinas, execuções e extermínio em massa, não é um fato novo no Estado de São Paulo. Principalmente quando se trata de bairros da periferia. Há exatos 28 anos, o cinema brasileiro perdia Fernando Ramos da Silva, de 19 anos. O personagem Pixote do filme “Pixote, a lei do mais fraco”, do diretor Hector Babenco. Os assassinos: um sargento e dois soldados da Polícia Militar. Para a viúva de Fernando, Cida Vinâncio, com quem teve uma filha, os policiais que o mataram o tratavam como um bandido. “Quando o mataram, eles pensaram que estavam tirando de circulação um bandido perigoso”. Ela ainda diz que nada mudou e que “continuam todos os dias a matar outros pixotes menos famosos”. Presente ao enterro do jovem e responsável pela missa, o padre Julio Lancellotti, à época na pastoral do menor (hoje representante da pastoral do povo de rua), disse à reportagem da Ponte Jornalismo que se lembra bem do caso. “Lembro do …

Como entender a renúncia de Alexis Tsipras

Imagem
Quando o Syriza, partido de coalizão das esquerdas, venceu a eleição na Grécia, um sopro de esperança surgiu nos movimentos populares e partidos de esquerda do mundo. Pela primeira vez, um governo verdadeiramente de esquerda enfrentaria o poder político-econômico da Alemanha por trás da União Europeia.Alexis Tsipras, o primeiro-ministro eleito na Grécia, começou muito bem, sinalizando medidas progressistas como luz de graça para quem não pudesse pagar, fim das privatizações e a promessa de uma postura firme nas negociações da dívida grega.Além disso, gestos simbólicos como a visita ao túmulo dos comunistas gregos vítimas do nazismo indicavam os rumos que o governo deveria tomar. No entanto, sete meses após a vitoriosa eleição de janeiro, Alexis Tsipras renuncia, horas depois do anúncio de mais um pacote de resgate (o terceiro) para o pagamento de dívida da Grécia com o BCE (Banco Central Europeu), fato que vai de encontro com tudo o que o primeiro-ministro pregara até então. Como ente…

Instituições públicas no Brasil atual

Acesso Livre é a revista da Associação dos Servidores do Arquivo Nacional (Assan), criada com o objetivo de ser um meio de divulgação alternativo e de acesso livre à discussão e ao conhecimento sobre a realidade das instituições arquivísticas e de memória, e também a questões referentes a administração e políticas públicas, democracia, acessibilidade, sistemas e tecnologias de informação e comunicação, direitos e movimentos sociais, entre outros temas que influenciam na preservação e no acesso ao patrimônio cultural e no dia a dia dos profissionais que atuam ou fazem uso dessas instituições.É com muita honra e grande felicidade que eu pude participar desta terceira edição da Revista Acesso Livre, cujo dossiê aborda as instituições públicas no Brasil atual. Convido todos os amigos a conhecerem essa revista que tem crescido a cada edição, por trazer temas sempre muito relevantes sobre nossa sociedade e nossa história