Postagens

Mostrando postagens de 2015

Uma sugestão a Geraldo Alckmin: proponha um processo de Impeachment a si mesmo

Imagem
Em meio ao conturbado momento político por que passa o Brasil, diversos governadores foram manifestar seu apoio à presidenta Dilma Rousseff contra o descabido processo de Impeachment. Menos, como era de se esperar, o de São Paulo, Geraldo Alckmin, que enxerga na tentativa de impedimento da Dilma uma chance de chegar ao governo federal por vias tortuosas. Aliás, em se tratando de criar mecanismos escusos para manobrar nas regras da democracia, o governador paulista é mestre. Desde que assumiram essa atual legislatura há quase um ano, os deputados da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), em sua grande maioria aliados do governador, vêm criando obstáculos para a investigação dos diversos desmandos, das enormes evidências de corrupção, recebimentos de propinas, favorecimentos de empresas, incompetência administrativa, e outras acusações graves contra Alckmin. Uma das táticas utilizadas pelos nobres asseclas do governador é abrir diversas CPIs sem pretensão de investigação séria, pa…

Impeachment: em vez de “tiro no pé”, Cunha fez jogada de mestre

Imagem
Militantes, partidários do governo e blogueiros engajados já comemoram antecipadamente o pedido de Impeachment acolhido pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha do PMDB-RJ, contra a presidente da República, Dilma Rousseff. Alguns afirmam que o processo de Impeachment foi bom para a Dilma (!?) pois dará a possibilidade dela esclarecer à população sua conduta até aqui ilibada – ignoram porém, o desgaste que tal necessidade de diversas explicações poderia causar; outros, mais afoitos, dizem que Eduardo Cunha gastou sua última bala, pois a tese das “pedaladas fiscais” que justificariam o Impeachment passou incólume na aprovação das contas pelo governo. Além disso, segundo eles, o crime de responsabilidade fiscal não poderia recair sobre a presidente e sim sobre algum secretário do segundo escalão da Economia. Bom, Eduardo Cunha pode ser tudo e mais um pouco do que anda sendo acusado, com provas e tudo mais, mas não é tolo, e já mostrou que entende desse tal negócio de polít…

Escolas de São Paulo: como as instituições burguesas tratam protestos de forma “democrática”

Imagem
Pairando acima do cidadão paulista, o Estado, essa superestrutura que tem o dever de prover, entre outras responsabilidades, a Segurança Pública e a Educação. Por ocasião de uma medida autoritária que mexe com a vida de milhares de pessoas que não foram consultadas, o governo deste Estado, no poder há 20 anos pelo mesmo partido, decide reorganizar as escolas. Os alunos protestam, como protestariam em qualquer sociedade dita democrática. A falência da Educação faz entrar em ação o aparato militar. O Brasil é um país democrático (não riam) e espera-se que um protesto espontâneo e pacífico de ocupação das escolas pelos alunos suspenda até segunda ordem a decisão de realocar alunos para outros colégios. Abrir-se-ia assim um canal de discussão entre governo, alunos, pais, diretores e os demais responsáveis, para encontrar uma solução negociada. No entanto, o governo de São Paulo, cujo partido tem a social-democracia no nome e o neoliberalismo na ideologia, publica autoritariamente o decre…

2016 terá PIB negativo. O que o governo Dilma deve fazer?

Imagem
O Brasil se encontra em recessão. Isso é notório, pois os resultados da má administração da macroeconomia nos últimos anos podem ser sentidos no bolso do trabalhador, com a carestia e a ameaça de desemprego rondando a cada mês. No entanto, se a expectativa era de um 2016 melhor, como acreditavam os analistas internacionais, agora a realidade nos mostra que a crise ainda está só começando. Em documento enviado ontem à Comissão Mista do Orçamento (CMO) do Congresso Nacional, o governo admitiu que a previsão do PIB para o ano que vem, que era de 0,2%, agora foi corrigido para -1,9%. Como se não bastasse, os números da inflação também foram revistos – e para pior – com base no Índice de Preços para o Consumidor Amplo. Antes na casa dos 5,4%, agora 6,47%. Crescimento negativo, com risco de desemprego, desinvestimento na área produtiva, inflação acima do índice, ou seja, o cenário mais temido em qualquer governo. Ainda mais um que já padece com baixíssimos índices de popularidade, o que, j…

Atentado na França: o feitiço que vira contra o feiticeiro

Imagem
129 mortos e 350 feridos, com 99 deles em estado grave. Este é o saldo, até o momento, dos ataques coordenados contra populações inocentes na França, reivindicados pelo Estado Islâmico (ISIS), em resposta, supostamente, à participação francesa ao lado dos Estados Unidos numa coalizão contra os terroristas do ISIS na Síria e no Iraque. Muito embora a França tenha se empenhado menos do que os próprios Estados Unidos, que não se empenham quase nada, nos ataques aos grupos terroristas religiosos que afrontam a Síria. Quem realmente combate o ISIS na região é a Rússia. É preciso ser realista e acabar com esta hipocrisia ridícula que vem sendo a comoção mundial em favor da França. Antes de mais nada, é preciso dizer: o presidente francês admitiu abertamente, ano passado, que entregou armas a rebeldes sírios que tentam derrubar o governo de Bashar al-Assad naquele país, mesmo sabendo, como eu sei, como os EUA sabem, como o mundo sabe, que grande parte daquelas armas vai parar nas mãos do IS…

O que Pedro Paulo do PMDB-RJ e o ex-goleiro Bruno têm em comum (video)

Imagem

A responsabilidade do PT no crescimento do conservadorismo no Brasil

Imagem
Em 2002, eu votei em Lula. Não era e nunca fui petista (na ocasião meus votos eram sempre para o PDT de Brizola), mas sentia que, naquele momento, algo histórico estava prestes a acontecer. Um partido de esquerda subiria ao poder máximo no país. Pra mim foi uma alegria a emblemática cena do Lula subindo a rampa do Planalto pela primeira vez, para receber a faixa presidencial. Ignorei os avisos do próprio Brizola, de que o PT era a UDN de macacão, e aí, logo depois veio a primeira decepção, a primeira de muitas que viriam a detonar todas as esperanças de milhões de brasileiros – mais precisamente, 50 milhões de brasileiros que naquela eleição disseram não ao neoliberalismo. Recado aos vencidosLula divulgou a famigerada Carta aos Brasileiros, que bem podia ser chamada de Carta aos Banqueiros, que o jornalista Paulo Henrique Amorim denunciou que fora escrita por Antonio Palocci com a supervisão de ninguém menos que... do filho doRoberto Marinho! Isso mesmo. Nessa carta, procurava tranqu…

Como Jean Wyllys se tornou a esquerda que a direita gosta

Imagem
Nunca votei especificamente no deputado federal Jean Wyllys, eleito recentemente o melhor parlamentar de uma casa legislativa que não prima atualmente por grandes quadros. No entanto, como (ainda) simpatizante do seu partido, o PSOL, acredito que tenha ajudado sua eleição indiretamente ao votar 50 nos últimos sufrágios. Não tenho nenhum motivo para fazer restrições ao seu mandato, que, ao contrário do que muita gente pensa, não se limita unicamente à defesa da causa homossexual. No entanto, quando temos a chance de ouvir suas opiniões a respeito de política internacional, o desacerto com a ideologia socialista que supostamente deveria representar gera uma grande decepção -- eu diria, até, uma enorme indignação por tamanha leviandade. Assim como outros dos seus colegas de partido também já causaram em outras oportunidades. Nicolás Maduro, o presidente "totalitário" Recentemente o laureado deputado foi se meter a fazer acusações sobre o presidente da Venezuela, que, através …

Investigação da Polícia Federal na Operação Zelotes chega perto de Lula

Imagem
Nesta segunda (26/10) a Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão na empresa LFT Marketing Esportivo, de propriedade de um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Luiz Cláudio. A ação é parte da chamada Operação Zelotes, que investiga fraudes e tráfico de influência no CARF (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), além de investigar esquemas de lobby que visariam reduzir dívidas fiscais de grandes empresas e obter benefícios tributários. Além da empresa do filho do ex-presidente Lula, a PF também faz a mesma operação na Marcondes & Mautoni Empreendimentos, acusada de repassar 2,4 milhões de Reais à empresa de Luiz Cláudio.A rede de corrupção que alcança o filho de Lula (imagem acima) pode chegar ainda mais perto do ex-presidente. Isso porque o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, dono da montadora Caoa, é suspeito de participar de um esquema que beneficiou empresas do ramo automotivo na época que Lula era presidente, em 2009, através de…

“Derivativos”: O Cassino global não regulamentado para bancos americanos

Imagem
Curta história: Escolha algo de valor, faça apostas sobre o seu valor futuro, adicione contrato e você tem um derivativo. 
Os bancos ganham enormes lucros com derivativos, e quando as chances são da bolha estourar o contribuinte vai acabar com a conta.
Longa história: Um derivativo é uma aposta jurídica legal (contrato) que deriva seu valor de outro ativo, como o futuro ou valor atual de petróleo, títulos do governo ou qualquer outra coisa. Por exemplo, um derivativo compra-lhe a opção (mas não a obrigação) de comprar petróleo em 6 meses para o preço de hoje / qualquer preço acordado, na esperança de que o petróleo vai custar mais no futuro. (Pode ter certeza que ele vai custar mais em 6 meses). Derivativo também pode ser usado como seguro, apostando que um empréstimo será ou não será negligenciado até uma data determinada. Por isso é um grande sistema de apostas, como um Cassino, mas em vez de apostar em cartões e roleta, você aposta em valores e desempenho de praticamente qualquer co…

Assim caminha a humanidade: para pior

Imagem
Pensopinando é um dos blogs que eu gosto de ler na internet. Mantém a tradição de postagens opinativas e de bom nível, como era na fase áurea da blogosfera, por volta de 2008-2011. Recomendo bastante a leitura, porque fomenta o debate de assuntos importantes, apesar de nem sempre concordar com as postagens. Como no caso da última: Assim caminha a humanidade. Por isso resolvi fazer uma postagem para contrabalançar algumas das afirmações do autor naquele texto. O texto afirma que, apesar das críticas alarmantes que muitos no mundo vêm fazendo sobre o momento atual da história do homem, principalmente com relação à desigualdade social, a humanidade está em plena evolução material, que será capaz, em algum momento futuro, de trazer paz e bem estar para todos. Ele afirma que a desigualdade social não é um mal em si, mas a “pobreza extrema” e a falta de oportunidades. Mas ele não menciona que a geração de desigualdade extrema é aonde sempre esse sistema vai levar inexoravelmente, apesar das…

Intervenção russa na Síria pode inaugurar um novo cenário geopolítico internacional

Imagem
Desde que as forças militares russas entraram de forma mais incisiva no apoio ao governo sírio contra as entidades terroristas no país, no final de setembro, alguns aspectos da geopolítica internacional ficaram expostos de forma um tanto esclarecedores, especialmente a atuação do Ocidente na região. Há um ano os EUA lideram uma coalizão de fachada contra os terroristas na guerra civil síria, especialmente os do Estado Islâmico (ISIS), sem muita efetividade. Na verdade, chama atenção a incompetência em atingir alvos militares na mesma proporção em que se atingem alvos civis. Os russos, por outro lado, em menos de duas semanas de operações, já destruíram 40 por cento da infraestrutura do ISIS na Síria. Afirmações deixam claro: prioridade do Ocidente é queda de AssadO mais revelador da entrada russa no conflito é a forma como a máscara de algumas figuras importantes da política internacional vem caindo pelo mundo, mostrando que o Ocidente nunca teve, de fato, vontade de atacar os terrori…

O senso comum por trás do “bandido bom é bandido morto”

Imagem
Quando todos pensam igual, ninguém está pensandoWater LippmanO senso comum é uma praga. Ela se alastra fora do controle e se estabelece como verdade dada, sem necessidade de reflexão, ainda mais em sociedades cuja média da população tem o raciocínio tatibitati. Ele faz as pessoas se sentirem pertencentes a um grupo, é acolhedor saber que tantas pessoas pensam igual a gente em assuntos importantes, e também oculta uma realidade bem diferente da que anuncia.De acordo com recente pesquisa Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), metade da população pesquisada em 84 municípios de mais de 100 mil habitantes concorda com a afirmação típica do senso comum brasileiro: “bandido bom é bandido morto”. Foram ouvidas 1,3 mil pessoas.Seria compreensível se a metade que concorda com essa afirmação fosse membro das classes mais altas da sociedade. Pois uma das funções do senso comum é jogar uma cortina de fumaça nos fatos e propor soluções inadequadas para os problemas…

Meio ambiente e capitalismo: uma discussão necessária

Imagem
Na manhã de hoje (14/9) eu tive a oportunidade de estar presente na abertura do VIII Fórum de Debates Povos e Culturas das Américas, uma realização do Núcleo de Estudos das Américas (Nucleas) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), cujo foco era voltado ao meio-ambiente. O palestrante convidado da primeira sessão foi o jornalista das Organizações Globo, André Trigueiro, reconhecido militante das causas ambientais. No entanto, ouvi-lo foi uma surpresa (talvez nem tanto) decepcionante, pois ele, apesar da pompa e das afetações na fala, repete no conteúdo algumas das falácias, omissões e distorções que geralmente aparecem quando o assunto é meio-ambiente. Primeiro, porque o jornalista reforçou a ideia ingênua de colocar sobre nós, cidadãos, a maior parte da responsabilidade na crise do meio-ambiente e na solução de problemas. Por exemplo, citando o caso de uma menina israelense – que foi tema de reportagem da Globonews – que, a exemplo do seu povo, toma banho com um balde par…

2016 será o ano mais difícil de Dilma no poder

Imagem
A entrega, hoje (31/08), da proposta do Orçamento Geral da União para 2016 feita pelos ministros da Fazenda, Joaquim Levy e do Planejamento, Nelson Barbosa ao presidente do Congresso, Renan Calheiros, já causou mal-estar, críticas e ameaças por parte dos senadores. Isso porque, numa atitude “sincera”, a proposta prevê um incrível déficit de 30,5 bilhões de Reais nas contas da União. Pela primeira vez na história, um governo apresenta uma proposta de Orçamento com déficit reconhecido de receitas em relação a despesas. Para senadores da oposição, como se já não bastasse o clima de golpismo que impera no ar da política nacional, Dilma quer transferir para o Congresso o desgaste de ter que fazer os cortes e os ajustes no orçamento.  Para o senador Álvaro Dias, O governo, que cometeu estelionato eleitoral na última campanha, que enganou a população, agora confessa a sua incompetência no gerenciamento das contas públicas, confessa que não gerenciou corretamente as finanças do País. E pior d…

Lula possível candidato em 2018. Resta saber ao lado de quem

Imagem
O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, tendo em vista o fracasso do governo Dilma,  já demonstrou estar bastante preocupado com o legado político do seu lulopragmatismo. Já anunciou por diversas vezes que, “se necessário”, sairá candidato a presidente mais uma vez nas eleições de 2018. Mas a tarefa não será tão fácil como ele e seus ardorosos militantes parecem pensar. Em 2002, quando foi eleito a primeira vez, Lula já não era mais o mesmo. Precisou fazer uma série de suavizações no discurso e concessões com a classe política mais conservadora. Naquela época, as classes dominantes precisaram encontrar uma figura carismática e popular para dar prosseguimento à agenda econômica dos antecessores tucanos, desgastados por conta  dos governos de pedigree assumidamente neoliberais de Fernando Henrique Cardoso. Na falta de um legítimo líder com aceitação popular, as classes dominantes encontraram em Lula o serviçal perfeito para a função, e toleraram que ele fizesse o papel d…

Há 28 anos, a PM paulista executava Pixote

Imagem
Por Paulo Eduardo Dias para a PonteO envolvimento de policiais militares em chacinas, execuções e extermínio em massa, não é um fato novo no Estado de São Paulo. Principalmente quando se trata de bairros da periferia. Há exatos 28 anos, o cinema brasileiro perdia Fernando Ramos da Silva, de 19 anos. O personagem Pixote do filme “Pixote, a lei do mais fraco”, do diretor Hector Babenco. Os assassinos: um sargento e dois soldados da Polícia Militar. Para a viúva de Fernando, Cida Vinâncio, com quem teve uma filha, os policiais que o mataram o tratavam como um bandido. “Quando o mataram, eles pensaram que estavam tirando de circulação um bandido perigoso”. Ela ainda diz que nada mudou e que “continuam todos os dias a matar outros pixotes menos famosos”. Presente ao enterro do jovem e responsável pela missa, o padre Julio Lancellotti, à época na pastoral do menor (hoje representante da pastoral do povo de rua), disse à reportagem da Ponte Jornalismo que se lembra bem do caso. “Lembro do …

Como entender a renúncia de Alexis Tsipras

Imagem
Quando o Syriza, partido de coalizão das esquerdas, venceu a eleição na Grécia, um sopro de esperança surgiu nos movimentos populares e partidos de esquerda do mundo. Pela primeira vez, um governo verdadeiramente de esquerda enfrentaria o poder político-econômico da Alemanha por trás da União Europeia.Alexis Tsipras, o primeiro-ministro eleito na Grécia, começou muito bem, sinalizando medidas progressistas como luz de graça para quem não pudesse pagar, fim das privatizações e a promessa de uma postura firme nas negociações da dívida grega.Além disso, gestos simbólicos como a visita ao túmulo dos comunistas gregos vítimas do nazismo indicavam os rumos que o governo deveria tomar. No entanto, sete meses após a vitoriosa eleição de janeiro, Alexis Tsipras renuncia, horas depois do anúncio de mais um pacote de resgate (o terceiro) para o pagamento de dívida da Grécia com o BCE (Banco Central Europeu), fato que vai de encontro com tudo o que o primeiro-ministro pregara até então. Como ente…

Instituições públicas no Brasil atual

Acesso Livre é a revista da Associação dos Servidores do Arquivo Nacional (Assan), criada com o objetivo de ser um meio de divulgação alternativo e de acesso livre à discussão e ao conhecimento sobre a realidade das instituições arquivísticas e de memória, e também a questões referentes a administração e políticas públicas, democracia, acessibilidade, sistemas e tecnologias de informação e comunicação, direitos e movimentos sociais, entre outros temas que influenciam na preservação e no acesso ao patrimônio cultural e no dia a dia dos profissionais que atuam ou fazem uso dessas instituições.É com muita honra e grande felicidade que eu pude participar desta terceira edição da Revista Acesso Livre, cujo dossiê aborda as instituições públicas no Brasil atual. Convido todos os amigos a conhecerem essa revista que tem crescido a cada edição, por trazer temas sempre muito relevantes sobre nossa sociedade e nossa história

Senado tem CPI do Assassinato de Jovens

Imagem
O Brasil é um dos países mais violentos do mundo. Aqui, a média de mortes por homicídio ultrapassa sempre a casa dos 50 mil casos por ano. Mais do que em muitas guerras declaradas. Levados pelo alarde das mídias comerciais e das classes médias mais conservadoras da sociedade, o Estado se equivoca na proposta de combate a esses crimes, aumentando a repressão através da política de militarização do combate às drogas, por exemplo, deixando de atacar o problema na sua verdadeira raiz: a questão social.Pensando nesses tópicos, o Senado Federal instaurou em maio a CPI do Assassinato de Jovens, que busca investigar o elevado número de mortes de jovens no Brasil, presidida pela senadora Lídice da Mata, do PSB-BA. Uma das primeiras medidas da senadora foi articular a Comissão Parlamentar de Inquérito do Assassinato de Jovens com a que trata da Violência Contra a Juventude Negra, de modo a contribuir para melhores resultados de ambos os trabalhos. Depois de ouvir dezenas de pesquisadores e espe…