Considerações sobre o país e o futebol

Passadas a exaltação e a cabeça quente pela derrota histórica, é hora de buscar juízo para analisar, em primeiro lugar, a participação brasi...

Passadas a exaltação e a cabeça quente pela derrota histórica, é hora de buscar juízo para analisar, em primeiro lugar, a participação brasileira nesta Copa do Mundo, e, em segundo lugar, tudo o que tem girado em torno desse tema nos últimos meses, englobando não só o futebol, como também a política.

Médici e a Taça Jules RimetNão sei dizer em que momento da História, exatamente, começaram a associar a pátria com o futebol, mas é certo que esse fenômeno foi potencializado ao máximo na época da ditadura civil-militar brasileira nos anos 70. De lá pra cá, era como se todos os problemas sociais e econômicos do país pudessem ser convenientemente esquecidos naqueles momentos em que a escrete canarinho estivesse em campo. Claro que, como qualquer distração dos problemas, o futebol se mostrou um belo instrumento apaziguador de conflitos sociais, e foi muito bem utilizado por nossa classe dirigente. Nesse ponto, o futebol não era só um mero esporte: era o país que dava certo.

Protestos de JunhoÉ natural que uma Copa neste ano de 2014, realizada no Brasil, despertasse esses velhos sentimentos ufanistas. Só que, dessa vez, a mitologia da “Pátria de Chuteiras” foi confrontada com uma grande parcela da sociedade que resolveu denunciar todos os crimes sociais cometidos para que este evento fosse realizado. A estes setores progressistas se uniram também as alas mais conservadoras, aquelas que costumeiramente se convencionou a chamar pejorativamente de “coxinhas”, pelo seu comportamento vira-latas em relação ao país e ao povo. Em comum entre essas duas bandeiras, apenas a crítica ao governo.

A presidente Dilma, seus assessores e os militantes petistas pecaram justamente eu não querer – ou não poder – diferenciar a origem das críticas. Lançaram uma campanha oportunista e desleal de acusações contra qualquer tipo de manifestação à forma como o evento da Copa foi realizado. Além disso, ousaram tachar de “antipatriotas” aqueles que não se sentiram confortáveis em torcer para o sucesso desta seleção brasileira, mais preocupada com o merchandising do que com o futebol. Intentaram – justamente como os militares -- associar o sucesso da seleção ao governo, de olho nas eleições de outubro. Mas eis que veio uma desclassificação humilhante para a Alemanha nas semifinais do evento. E agora o filho feio não tem pai...

Fiasco histórico impõe reformas no futebol brasileiro

desolado-goleiro-julio-cesar-chora-a-eliminacao-do-brasil-na-copa-apos-a-goleada-sofrida-por-7-a-1-para-a-alemanha-no-mineirao-1404858229635_1920x1080No âmbito do futebol, as deficiências ficaram mais evidentes. Uma comissão técnica nitidamente ultrapassada, falta de treinos e seriedade suficientes, campanhas publicitárias em vez de concentração, uma geração de talento abaixo da média, escalações duvidosas (quem apostar que o franzino Bernard foi escalado para enfrentar os fortes alemães porque era ex-jogador do Atlético-MG e o jogo era no Mineirão, não estará viajando muito), fizeram surgir a necessidade de discussões no país sobre uma reforma no futebol brasileiro, de alto a baixo. Não nesses simpósios organizados anualmente por técnicos ultrapassados com vistas a autopromoção, e sim um debate sério sobre o futuro do futebol brasileiro, com a participação até do governo federal.

Pelo menos pra isso que servem as crises: elas desnudam os equívocos que o oba-oba ajuda a ocultar, e nos obriga a tomar providências. Talvez agora alguns daqueles “patriotas” entendam por que muitos brasileiros torceram “contra” a seleção: às vezes, torcer contra é torcer a favor.

    Veja também: O Brasil não é a CBF

De resto, é necessário um esclarecimento óbvio: não se deve cair na esparrela de que a seleção é o Brasil, e que o Brasil é a seleção, que serve muito bem para o marketing e para ocultar nossos problemas sociais sob o mito de “um só Brasil”. Muito menos defender o oposto: que o gosto nacional pelo futebol é a causa de todos os nossos problemas. A seleção tem os seus infortúnios para lidar  agora, mas o Brasil também tem os seus, bem mais urgentes, por sinal. O futebol não deve ser tratado como anestesia que faz o povo esquecer os problemas naqueles minutos de alegria. Comentaristas esportivos como Casagrande e jogadores como David Luiz andaram propagando essa falácia ridícula de que a seleção precisava dar alegria ao “nosso povo sofrido”. Isso não pode mais colar. Porque uma grande parcela da população brasileira já nem está assim tão sofrida e agora quer dar outro salto, ter serviços de qualidade e um país bem governado, com educação, saúde, transportes, infraestrutura e inclusive o direito ao lazer – coisa que o futebol cumpre muito bem, sendo o esporte preferido do país, mas que não pode suplantar em importância as outras demandas.

Enfim, que aquela derrota de 7 a 1 diante da Alemanha possa trazer consequências positivas.

COMENTÁRIOS

Nome

economia educação história internacional mídia opinião politica e sociedade sem categoria socialismo e capitalismo
false
ltr
item
Panorâmica Social: Considerações sobre o país e o futebol
Considerações sobre o país e o futebol
http://lh3.ggpht.com/-mMp29FpHxTw/U7708ThjJxI/AAAAAAAAHdU/CjQFD33wssY/Dita_medici_taca%25255B4%25255D.jpg?imgmax=800
http://lh3.ggpht.com/-mMp29FpHxTw/U7708ThjJxI/AAAAAAAAHdU/CjQFD33wssY/s72-c/Dita_medici_taca%25255B4%25255D.jpg?imgmax=800
Panorâmica Social
http://www.panoramicasocial.com.br/2014/07/consideracoes-sobre-o-pais-e-o-futebol.html
http://www.panoramicasocial.com.br/
http://www.panoramicasocial.com.br/
http://www.panoramicasocial.com.br/2014/07/consideracoes-sobre-o-pais-e-o-futebol.html
true
650628655076264791
UTF-8
Nenhuma postagem encontrada VER TODAS Continue Responder Cancelar resposta Delete Por Início PÁGINAS POSTS ver todas RELACIONADAS Categorias ArquivoE PESQUISAR TODAS AS POSTEAGENS Sua busca não gernou nenhuma postagem Voltar para o início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mar Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora Há 1 minuto Há $$1$$ minutos Há 1 hora Há $$1$$ horas Ontem Há $$1$$ dias Há $$1$$ semanas Há mais de 5 semanas Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para desbloquear Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy