Adiado para 2016 o Novo Acordo Ortográfico

O governo brasileiro resolveu adiar para 2016 a vigência do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, já utilizado por setores públicos ...

O governo brasileiro resolveu adiar para 2016 a vigência do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, já utilizado por setores públicos e privados brasileiros desde o final de 2008 e previsto inicialmente para ser adotado definitivamente em 1º de janeiro de 2013. Com a medida, a duas formas de ortografia, a antiga e a nova, serão utilizadas simultaneamente durante mais 3 anos.

Os portugueses, seja por razões nacionalistas, políticas ou sentimentais, resistem mais à implementação do acordo, que foi discutido no longínquo ano de 1990 e ratificado em 2008 por todos os países lusófonos. Por causa disso, o governo português definiu um prazo maior para a sua implementação definitiva: 2014. O Brasil vem adotando mais fortemente as mudanças, mas mesmo assim, o governo decidiu adiar a implementação definitiva do novo acordo para dois anos além do estipulado pelos portugueses.

Esse adiamento não tem uma explicação convincente das autoridades. A alegação oficial é de que “há muita insatisfação” e assim “se ganharia mais tempo para discutir as mudanças”. Novas propostas poderiam ser feitas, e as mudanças previstas poderiam ser revogadas. Enfim, uma tremenda confusão.

Livros já foram editados com a nova ortografia, concursos já foram feitos com a nova ortografia, a imprensa escrita já está perfeitamente adaptada à nova ortografia, e no entanto, ainda querem discutir a nova ortografia, depois de quase 23 anos de reuniões e discussões desde 1990?

A principal razão não dita é que os portugueses, de modo geral, não aderiram ao novo acordo, emperrando a sua implementação simultânea entre os países. Muitos deles afirmam que não vão deixar de escrever como escrevem nem com a entrada em vigor do acordo. E o governo brasileiro acha que entrar no ritmo lento de Portugal vai causar menos embaraços e ser bom politicamente, para não dar a ideia de que a “colônia do Brasil está invertendo os papéis [sic] e impondo sua ortografia à sua metrópole, verdadeira pátria-mãe e guardiã da pureza da língua”, que é o grande receio de muitos portugueses.

Por este prisma, mais três anos não parecem ser suficientes para mudar uma mentalidade tão entranhada no imaginário português, e se a ideia for esta, este acordo pode estar rumando fragorosamente para o fracasso.

COMENTÁRIOS

Nome

economia educação história internacional mídia opinião politica e sociedade sem categoria socialismo e capitalismo
false
ltr
item
Panorâmica Social: Adiado para 2016 o Novo Acordo Ortográfico
Adiado para 2016 o Novo Acordo Ortográfico
Panorâmica Social
http://www.panoramicasocial.com.br/2012/12/adiado-para-2016-o-novo-acordo.html
http://www.panoramicasocial.com.br/
http://www.panoramicasocial.com.br/
http://www.panoramicasocial.com.br/2012/12/adiado-para-2016-o-novo-acordo.html
true
650628655076264791
UTF-8
Nenhuma postagem encontrada VER TODAS Continue Responder Cancelar resposta Delete Por Início PÁGINAS POSTS ver todas RELACIONADAS Categorias ArquivoE PESQUISAR TODAS AS POSTEAGENS Sua busca não gernou nenhuma postagem Voltar para o início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mar Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora Há 1 minuto Há $$1$$ minutos Há 1 hora Há $$1$$ horas Ontem Há $$1$$ dias Há $$1$$ semanas Há mais de 5 semanas Seguidores Seguir ESSE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para desbloquear Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy