Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

Ainda sobre o polêmico livro do MEC

Imagem
Quando saíram na imprensa informações sobre o livro do MEC que incentiva alunos da Educação para Jovens e Adultos (EJA) a falar com erros de concordância, eu escrevi aqui sobre o assunto. Mas um mestre em Letras escreveu um comentário no post e me questionou: “tu chegaste a ler o "polêmico" capítulo do livro do MEC? Sabes qual é o título?” Eu confesso que quando escrevi o post não havia lido o capítulo “polêmico”, e corri atrás pra lê-lo na íntegra e ver se eu tinha dito alguma bobagem. Então vamos agora para uma análise mais aprofundada do assunto.


A tendência de Organizações Não Governamentais (ONGs) terem maior atuação política nasceu quando o neoliberalismo tornou-se dominante, especialmente no Brasil. Pela ideologia do Estado mínimo, o Governo deve abrir mão de produzir diretamente certas atividades, entregando a responsabilidade nas mãos de iniciativas privadas e ONGs, muitas delas com certo direcionamento e interesse político voltado para suas próprias demandas. Ass…

Ditadores dão nomes a ruas, viadutos e outros patrimônios públicos pelo Brasil

Imagem
A Ditadura Civil-Militar ainda está viva entre nós. Ruas, avenidas, prédios, praças e monumentos pelo Brasil afora foram batizados em homenagem a torturadores e ativos participantes do Golpe de 64. Não se trata de querer tentar apagar da memória os arbítrios de um dos períodos mais negros da história do Brasil, mas tais honrarias são uma afronta à sociedade.Pelo Brasil existem dezenas de exemplos de que a Ditadura Civil-Militar que grassou no Brasil durante 21 anos ainda não acabou. A tal transferência de poder “lenta, gradual e segura” das mãos dos militares para as mãos de civis, simbolizada pela inusitada posse de José Sarney à presidência da Republica em 1985, na verdade representou a continuidade no poder daqueles que derrubaram o governo de João Goulart em 1964. E um dos exemplos que ilustram essa continuidade são as homenagens prestadas pelo Estado “democrático” que batiza ruas, praças, prédios e outros monumentos com os nomes de notórios golpistas e torturadores. Somente no Es…

Professora dá lição de moral em políticos no Rio Grande do Norte

Imagem
A situação da Educação Pública no Brasil é uma das maiores vergonhas deste país. Ainda mais com este nosso Ministério da Educação, que se gaba de defender um livro que ensina as crianças o modo errado de falar Português, enquanto mantém o país nos níveis mais baixos dos rankings internacionais de qualidade na Educação. Numa audiência pública da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, a professora de Português Amanda Gurgel expôs a realidade calamitosa da categoria no Estado, mas sua denúncia serve para ilustrar a realidade de todo o país. Acompanhe este importante e avassalador depoimento.



Livro do MEC incentiva alunos a escrever e falar errado

Pobre língua portuguesa. Nós, brasileiros, adoramos maltratá-la. Mas isso é uma escolha nossa, forma de falar que usamos no dia-a-dia nas conversas de bar, entre os amigos e familiares. Mas a sociedade, em determinadas ocasiões, exige-nos o conhecimento da norma culta da língua. Esta ferramenta está prestes a ser tirada dos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) pelo Ministério da Educação.O volume didático de língua portuguesa Por uma vida melhor, da coleção Viver e Aprender, distribuído pelo Ministério da Educação (MEC) e adotado por 4.236 escolas públicas do país, incentiva alunos do Ensino Fundamental do programa EJA a falar e escrever errado, sob o argumento de que é preciso “valorizar a linguagem de grupo social e as diferentes variedades da língua portuguesa”. Neste contexto, erros gritantes de concordância são incentivados por uma das autoras do livro, Heloisa Ramos, como por exemplo: “nós pega o peixe”. A autora defende o “uso da norma popular” nas salas de aula, e dá o…

Sobre o preço da Gasolina

Imagem
No exato momento em que a inflação preocupa o país, o preço da gasolina explode. Como pode isso acontecer num país já autossuficiente em petróleo e que ainda nem começou a explorar as suas enormes e recém-descobertas reservas do pré-sal? Essa difícil explicação é a que vamos tentar responder agora.

Antes de mais nada, é preciso esclarecer um fato: a inflação brasileira não é causada por uma alta da demanda de combustível pelo consumidor, como era de se esperar. No caso da gasolina, ela é causada pelos usineiros que repassam os custos da entressafra da cana-de-açúcar - matéria prima do álcool anidro, elemento adicionado à gasolina brasileira – aos distribuidores, que por sua vez repassam os custos aos consumidores.
Além deste fato, existe a exorbitante carga tributária brasileira, que não podia deixar de incidir sobre um produto tão valorizado quanto a gasolina. Juntando todos os impostos, chega-se à marca de 41 por cento do total do preço final.



Para desmentir a ideia de que a gas…

Estados Unidos anunciam a morte de Osama Bin Laden com foto falsa

Imagem
Os Estados Unidos da América anunciaram hoje a morte do militante da Al-Qaeda e terrorista Osama Bin Laden. A notícia desfecha um ciclo de 10 anos de contradições, mentiras e desinformações, onde o chefe da Al-Qaeda fora dado como morto em diversas ocasiões por fontes não-americanas. Desta vez, o anúncio, embora feito de forma oficial pelo pronunciamento do presidente dos Estados Unidos, levanta polêmica e exige cautela por conta de foto altamente suspeita do terrorista morto divulgada por agências de notícias
A operação de forças especiais da Marinha americana teria cercado a casa onde Bin Laden vivia nos últimos anos na cidade de Abbotabad, próximo a Islamabad, capital do Paquistão, e matado o “terrorista mais procurado do planeta” na noite deste domingo, horário do Brasil (1/5).
Governantes e imprensa do mundo todo, não obstante o histórico de polêmicas que sempre envolveram a chamada “Guerra ao Terror” americana, apressaram-se em apoiar o governo norte-americano. Também não se es…