Blogueiro Ricardo Gama volta pra casa depois de atentado

Ricardo-Gama
Num país desenvolvido, onde a democracia é um princípio maduro e bem consolidado, onde as autoridades sabem tolerar bem as contestações que recebem dos cidadãos, jamais os opositores e críticos são silenciados à base de execuções à bala. Infelizmente este não é o caso deste nosso país, o Brasil.


No último dia 23, o blogueiro Ricardo Gama sofreu um atentado à bala em Copacabana. Foi atingido por três tiros por homens que estavam dentro de um carro prateado: um na cabeça, um no pescoço e outro no ombro. Foi levado para o hospital, onde passou por uma cirurgia. Depois de alguns dias, conseguiu se recuperar, e está em casa, escrevendo de novo.
Seu blog é conhecido por fazer muitas denúncias contra políticos, especialmente contra o governador fluminense, Sérgio Cabral – a quem acusa de ser mandante do atentado – e do prefeito do Rio, Eduardo Paes. Ano passado Ricardo postou um vídeo em que mostrava o governador fazendo pouco caso de um rapaz que o abordou, chamando-o de “sacana” e acusando-o de fazer discurso de “otário”. (veja o vídeo abaixo).


Ricardo Gama afirma em seu blog que depois disso, sofreu ameaças de gente ligada ao governador, por causa da repercussão que teve o caso na internet:
Me lembro bem, como se fosse ontem, "algumas pessoas "do governo" dizendo que eu ia "me arrepender" pelo que tinha feito com Sérgio Cabral ao expor o seu lado verdadeiro.
Ainda é cedo para saber quem foi o mandante do atentado contra o blogueiro, já que as investigações estão em curso (pela Polícia Civil do... Estado do Rio) mas parece que uma coisa não deixa dúvida: Ricardo foi vítima de atentado por motivação política, por conta das insistentes denúncias que faz em seu blog.
Isso mostra o quanto o Brasil ainda precisa amadurecer, para ser realmente uma nação democrática e plenamente civilizada. Aqui, oposição política ainda é intolerável e críticas contundentes, passíveis de execução, tal como nas piores épocas da Ditadura Civil-Militar. Não é possível que o Estado do Rio de Janeiro esteja nas mãos de políticos que mais lembram mafiosos, que matam para eliminar e silenciar seus opositores. Ainda que este Ricardo Gama tenha motivações político-partidárias para suas críticas, já que é envolvido com um grupo ligado ao Anthony Garotinho do Partido Republicano (PR) que faz oposição ao governo, isso não é crime, embora seja de um tremendo mau-gosto. O fato é que a liberdade de expressão é um direito que deveria ser respeitado como princípio sagrado. Mas no Brasil, país ainda longe do nível desejado de alguma democracia que seja, críticas a gente do poder ainda são passíveis de assassinatos.

Blog do Ricardo Gama: http://ricardo-gama.blogspot.com/

Postagens mais visitadas deste blog

Voz de prisão. Na teoria, uma coisa, na prática, outra bem diferente

Qual é o termo gentílico mais adequado para quem nasce nos Estados Unidos?

Deputados contra a Reforma da Previdência: consciência política ou barganha pelas emendas parlamentares?

Como os homens manipulam a “vontade de Deus” de acordo com suas necessidades: a questão do lucro