Postagens

O paradoxo Lula

Imagem
Já estava com saudade de poder escrever aqui no blog minhas humildes impressões sobre o cenário político-social deste país, algo que beira à insanidade, em que a razão e ponderação, tão caras a um bom debate, perdem espaço para a polarização das acusações vazias entre esquerda e direita.

E no centro dessa peleja, se encontra a figura onipresente do ex-mandatário da nação Luis Inácio Lula da Silva.

Muito já foi falado a respeito dos seus dois governos, de suas falhas e de seus méritos, mas pouco sobre seu legado na opinião pública e na política nacional. Lula, com suas contradições, conseguiu a proeza de ser atacado e defendido pelos dois espectros políticos, da direita à esquerda, o que o torna uma figura ímpar no quadro nacional.

Pelo lado da direita, as críticas partem com base num misto de preconceito de classe e medos irracionais, como é do feitio dessa vertente ideológica. Preconceito contra os milhões de miseráveis que ascenderam um modesto degrau na escala social nos governos p…

Luciano Huck já sentiu na pele o que você passa para sobreviver?

Imagem
O empresário e apresentador Luciano Huck começa a discutir com partidos, especialmente o PPS de Roberto Freire, a possibilidade de se candidatar a presidente da República no ano que vem.

Um nome que sai da cartola das classes dominantes Seu nome surpreende num primeiro momento, pois o apresentador, apesar de ser um legítimo representante do eleitorado coxinha paulista e aparecer em eventos com políticos da direita, nunca foi versado em assuntos políticos.

Mas basta uma reflexão breve e logo se entende. Primeiro, de forma oportunista como é do seu feitio, quer pegar carona na onda de desprestígio da classe política, por conta dos diversos escândalos de corrupção, para se apresentar como o "não-político", estratégia já utilizada por João Dória, à direita na foto acima, com o próprio Huck. Como se apenas na política houvessem homens desonestos, corruptos e interesseiros, e na classe empresarial só os puros e santos.

Saiba mais sobre Huck e seu oportunismo, no mau sentido, emO que…

Será o fim do capitalismo? Jovens americanos querem o socialismo no seu lugar

Imagem
O capitalismo mundial está capengando para a morte. Desde a crise de 2008, muitos países ainda sofrem as consequências de um sistema onde o mercado e seus agentes transformam o universo financeiro em um cassino de orgias, onde um dinheiro volátil e sem lastro enriquece um pouco mais, da noite para o dia, diversos "players". No entanto, quando a banca quebra...
Lucros privados, prejuízos socializadosSomos nós, os que não somos convidados a jogar, a participar da festa e tirar proveiro dos lucros, que pagamos a conta, através dos nossos impostos ou às custas do nosso emprego. Muita gente no mundo já está de saco cheio desse destino. E começam a aparecer alternativas. Há quem vaticine a queda do capitalismo, não por conta de alguma revolução popular ou reformas de governo, mas por conta do seu próprio peso. Será como um hipertenso com obesidade mórbida morrer de overdose de hambúrguer do MacDonalds, uma imagem que vem a calhar ao capitalismo nos Estados Unidos.

Um desses profeta…

José Dirceu faz apelo ao sentimento nacionalista das Forças Armadas. Mas isso existe?

Imagem
O mês de outubro termina com um apelo do abnegado José Dirceu aos supostos sentimentos nacionalistas das forças armadas brasileiras, inclusive às suas facções de direita, perante o desmonte do Estado, o convite às forças armadas estadunidenses brincarem de guerra contra a Venezuela na nossa Amazônia, à entrega do pré-sal, e outras medidas lesa-pátria do governo Temer.

Dirceu se pergunta:
O que determina e o que expressa hoje o ativismo político entre militares de alta patente? Que sentido teriam as Forças Armadas brasileiras se não defendessem um projeto de nação, de desenvolvimento, a soberania nacional, o pré-sal, a Amazônia, a Amazônia Azul, a indústria de defesa nacional, nossas fronteiras, nosso papel na América do Sul? Nenhum! Seriam apenas polícias a serviço de facções que detêm ou disputam o poder.
Aos militares praças é vedado o direito de opinar sobre questões políticas em nome das forças armadas. Esse papel cabe aos oficiais. E o canal oficial destes "militares de…

Um sobrevoo com câmera 360 graus sobre a Coreia do Norte

Imagem
Um novo video foi postado na internet por Aram Pan, fotógrafo de Singapura que conseguiu autorização do governo para mostrar a capital norte-coerana ao resto do mundo.

A República Popular Democrática da Coreia é um dos países mais fechados do mundo por vontade própria e assim pretende continuar, mas o fotógrafo singapurense conta com a confiança do governo para esta empreitada, o seu projeto DPRK 360, que desde 2013 mostra uma Coreia do Norte pouco conhecida através de tecnologias de imagem e videos.

Assista abaixo ao video e controle você mesmo a câmera de 360 graus clicando no cursor no canto superior esquerdo da tela:



Austeridade: Michel Temer quer salvar o futuro do capitalismo, não o seu

Imagem
Sempre gostei de ler autores que se arriscavam em exercícios de futurologia, ou seja, com base em indícios dos rumos do presente, prever por que transformações passará a sociedade nas próximas décadas.

Alvin Toffler, falecido no ano passado, foi um dos melhores de sua época, prevendo, especialmente no livro A Terceira Onda, no começo dos anos 80 com uma grande dose de precisão, como a era da informática (a terceira onda) iria suplantar aos poucos a segunda onda, a industrialização, exatamente como esta suplantara a primeira, a sociedade rural.

Hoje vivemos este mundo que muitos chamam de pós-industrial, pós-moderno ou pós-fordista, todos com o significado claro de uma mudança estrutural na sociedade em diversos aspectos das nossas vidas. Agora, depois do colapso do sistema a partir de 2008 numa crise mundial sem precedentes e que até hoje coloca em risco o nosso futuro, já há autores predizendo o fim do próprio capitalismo. 

É o caso do jornalista Paul Mason, que no seu livro Pós-Capit…

Compra de votos do Impeachment. A esquerda estava certa mas ninguém prestou atenção

Imagem
É chato ter sempre razão, mas sempre em retrospectiva. Essa é a sina das esquerdas. Especialmente na questão do golpe contra Dilma. Que, aliás, depois da delação de Lúcio Funaro, ninguém pode contestar mais. Foi golpe sim. Como falávamos desde sempre, confrontando os teimosos, os desinformados e os "politizados" de última hora do nosso dia a dia que insistiam em ver ali um puro ato de correção política. Ingenuidade grave.

E o pior é que os indícios já estavam todos lá, desde sempre. Não precisava o operador financeiro assumir em depoimento juramentado na Lava Jato que repassou 1 milhão de Reais para que o então presidente da Câmara, Eduardo Cunha, ídolo dos jovens ultrarreacionários de direita do Movimento Brasil Livre, comprasse os votos dos deputados em nome do Impeachment golpista.



Pedidos de Impeachment o presidente da Câmara tinha na gaveta como quem tem uma mão recheada de coringas no carteado, prontos para serem sacados no momento oportuno. E ele veio. Quando o PT anu…